XIX Jornadas Internacionais do IPR

Osteoporose e Fibromialgia são prioridades na Reumatologia

 

http://ipr2011.congressos-online.com/img/header.pngNos próximos dias 24 e 25 de Novembro, decorre a XIX edição das Jornadas Internacionais do Instituto Português de Reumatologia (IPR), no Centro de Congressos de Lisboa, com o objectivo de abordar as mais recentes e actualizadas temáticas em torno da especialidade.

Este ano a presidência do evento está a cargo do Dr. Paulo Clemente Coelho, reumatologista do IPR, que explica que "as XIX Jornadas Internacionais do Instituto Português de Reumatologia pretendem abordar as doenças reumáticas numa vertente de actualização de conhecimentos, mas também numa perspectiva prática que certamente interessará não apenas a reumatologistas, mas também a outras especialidades que abordam a patologia músculo-esquelética."

 

Durante os dois dias de evento serão destacados temas como o "Cálcio e Osteoporose", a cargo da Dr.ª Eugénia Simões, onde será debatida a vantagem/desvantagem do suplemento de cálcio nos doentes com osteoporose, tema que divide a classe médica.

 

Este ano conta com mais uma edição do curso do Dr. João Figueirinhas, subjugado ao tema das "Doenças difusas do tecido conjuntivo – da definição diagnóstica ao escalonamento da terapêutica", ao passo que o curso teórico-prático será dedicado à "Fibromialgia – como abordar a doente difícil". A Fibromialgia é uma doença ainda mal entendida pelos médicos e cujo diagnóstico é muitas vezes disfarçado por outras doenças com quadro similar. "Os doentes com fibromialgia têm características especiais e há necessidade de perceber a forma como o médico deve abordar o doente tendo em conta estas especificidades", revela o Dr. Paulo Clemente Coelho, responsável pelo curso teórico-prático, que pretende doutrinar no sentido de uma melhor compreensão da doença.

 

Outro tema em destaque é a "Ecografia e Reumatologia" a cargo da Dr.ª Margarida Silva. O desenvolvimento dos meios auxiliares de diagnóstico, nomeadamente das ecografias, que são actualmente feitas pelos próprios reumatologistas no decorrer da sua actividade clínica, contribuem para uma melhor avaliação dos doentes, respectivo diagnóstico e tratamento.

As jornadas encerram com a entrega de prémios, concurso de slides, comunicações livres e posters.