Deixar de fumar sem sofrimento




Deixar de fumar sem sofrimento: com a Medicina Chinesa é possível
Desde 1 de Janeiro de 2007 que vigora a lei do tabaco que limita o fumo em locais públicos fechados e estabelece sanções entre os 50 e os 750 euros para as pessoas que fumem em locais proibidos. Este ano, já se sabe que o governo quer tornar esta lei ainda mais restritiva, o que passa pela proibição total do fumo em locais públicos, nomeadamente restaurantes, bares e salas de jogo. A proibição do tabaco dentro dos automóveis, também é uma ideia defendida pela maioria dos médicos.
A razão de ser de tais medidas, cada vez mais restritivas, não é difícil de ser explicada: o ato de fumar é hoje reconhecido universalmente como uma ameaça à saúde. O cigarro, um dos produtos de consumo mais vendidos mundialmente, mata mais do que a SIDA, a malária e a varíola juntas, sendo estimada cerca de 10 milhões de mortes por ano devido ao fumo. Em outras palavras, o tabaco é responsável por 25% das mortes por doenças cerebrovasculares e 30% das mortes por cancro, sendo 90% por cancro de pulmão. Os outros tipos de cancro relacionados com o fumo são: cancro de boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga e colo do útero. Não obstante, os fumadores têm chances 50% maiores de sofrerem infarto e 5 vezes mais chances de sofrer de bronquite crônica e enfisema pulmonar que os não fumadores.
Parar de fumar é, pois, um bem que se faz à humanidade. Mudar a consciência e perceber que o tabaco prejudica não só cada um como a humanidade, é compreender a saúde como um todo. Isto é, sendo a consciência coletiva constituída por consciências individuais, o resultado será que uma ação por si só provocará uma ação do Todo. E é em conjunto com esta nova e ideal consciência, que a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) oferece um precioso e eficaz contributo que poderá ajudar na caminhada daqueles que desejam deixar de estar no grupo dos fumadores.
Todos temos a ideia que deixar de fumar é difícil. Tratando-se de um hábito com dependência física e psíquica, os sintomas de privação do tabaco manifestam-se através de nervosismo, irritabilidade, ansiedade, dificuldade de concentração, insónias e obsessão que nem sempre se conseguem ultrapassar sem ajuda. A solução da MTC é uma terapia rápida, indolor, sem efeitos secundários e sem medicamentos, reduzindo a Síndrome de Abstinência. No Centro de Terapias Chinesas o processo tem duas fases: a consulta e o tratamento. Depois da consulta, o tratamento consiste em sessões de Acupunctura e no uso de um penso com ervas chinesas e magnetismo para estimular um dos pontos de Acupunctura indicados. Em média 1 a 5 sessões são necessárias – dependendo dos casos, da frequência e da regularidade. Normalmente as duas ou três primeiras sessões são “duplas”, consistindo em dois tratamentos efetuados um a seguir ao outro, ao longo de cerca de uma hora e meia – o primeiro tratamento endereça a parte física da dependência, e as agulhas são colocadas na parte da frente do corpo, o segundo trata a parte psicológica e a ansiedade, e é feito com agulhas nas costas. Regra geral, são também aplicadas agulhas de auriculoterapia, na orelha, que mantêm o efeito durante os dias que seguem os tratamentos. A eficácia da acupuntura pela orelha deve-se a ramificações nervosas que são distribuídas na orelha que comunicam com o cérebro, os órgãos internos e as extremidades. Estimulando os pontos da orelha, via sistema nervoso, pode-se regular as atividades funcionais do corpo e ajudar as pessoas a deixar de fumar. Este método é tão eficiente que em cerca 80% dos casos 1 sessão é suficiente.
Vale a pena parar de fumar em qualquer idade. Os benefícios são tanto maiores, quanto mais cedo se parar de fumar. As vantagens de deixar de fumar sentem-se rapidamente:
Após 30 minutos – A pressão arterial, batimento cardíaco e temperatura voltam ao normal.
Após 2 horas – Não há mais nicotina a circular no seu sangue.
Após 8 horas – O nível de oxigénio no sangue normaliza-se Após 12 a 24 horas – Os pulmões funcionam melhor.
Após 2 dias – Nota-se uma melhoria no olfato e no paladar.
Após 3 semanas – A respiração torna-se mais fácil e a circulação também.
Após alguns meses – O risco de desenvolver um ataque cardíaco 50% menor do que quando fumava.
Após 1 Ano – O risco de morte por enfarte miocárdio é reduzido.
Após 5 a 10 Anos – O risco de sofrer um enfarte será igual ao das pessoas que nunca fumaram.
Após 10 Anos – Os indivíduos que tinham células pré-cancerosas passam a ter células normais.

Dra. Wenqian Chen
Médica Especialista em Medicina Tradicional Chinesa do Centro de Terapias Chinesas
Av. Antonio Augusto Aguiar nº 56 – 1º
ctcportugal@gmail.com
Telefone: 213 161 446