Educação ajuda a prevenir a obesidade na criança

                                                                                                Pais activos devem dar exemplo

Educação ajuda a prevenir a obesidade na criança

A obesidade da criança é uma das grandes preocupações de saúde a nível mundial, mas a reeducação alimentar pode travar esta doença. Carla Rêgo, pediatra do Centro da Criança e do Adolescente do hospitalcuf porto, explica que "existe uma base genética que pode justificar preferências, mas o comportamento alimentar pode ser moldado. As experiências alimentares da mãe são transmitidas ao feto e ao lactente, permitindo, desde cedo, treinar o paladar".

"É preciso também que desde cedo a criança seja habituada a mastigar bem, pois a ingestão lenta permite a aquisição gradual de saciedade e está associada a um consumo de volumes menores. As refeições devem ainda ser feitas nas horas respectivas, à mesa e em família, e preferencialmente sem a visualização de televisão ou o uso de jogos de ecrã durante a refeição", acrescenta a pediatra.

A aptidão física de cada criança é um indicador de saúde e o gosto pelo exercício desenvolve-se na infância, muito pelo exemplo familiar. Além de ser promotor de saúde e protector de doença, um estilo de vida activo é determinante para a expressão máxima do crescimento e desenvolvimento.

"Quanto mais activa a criança, maior o gasto de energia, menor a gordura corporal, melhor a auto-estima e menor a procura compensatória de alimento. Pais fisicamente activos e informados sobre as regras de uma alimentação saudável e que reconhecem a importância de um estilo de vida activo são um exemplo e favorecem o crescimento mais saudável dos seus filhos", recomenda a médica Carla Rêgo, pediatra no hospitalcuf porto.

E conclui: "Ensine o seu filho a ter um gosto variado, que lhe permita escolher com prazer, de forma a comer para crescer saudável. Lembre-se que um exemplo vale mais que mil palavras e a criança cresce e forma-se imitando os seus progenitores. Os pais devem ser o exemplo".

O Centro da Criança e do Adolescente do hospitalcuf porto iniciou a sua actividade em Setembro de 2010 e pretende afirmar-se como uma instituição de referência na prestação de cuidados de saúde pediátricos a nível nacional.