Oeiras remodela iluminação pública e sistema semafórico em prol da eficiência energética

Oeiras remodela iluminação pública e sistema semafórico em prol da eficiência energética

 

A Câmara Municipal de Oeiras vai proceder à remodelação do sistema de iluminação pública de alguns arruamentos e do sistema semafórico do concelho, em prol da eficiência energética. Deste modo, serão substituídas algumas luminárias por outras mais eficientes - estas já equipadas com balastros electrónicos que permitem reduzir o consumo em 40% - e nos sistemas de controlo de tráfego e peões, proceder-se-á à substituição das fontes luminosas por tecnologia LED.

 

Para a realização desta empreitada, encontra-se a decorrer um concurso público, actualmente em fase de recepção de propostas, cujo preço base está definido em € 349.455,83, acrescidos de IVA à taxa legal em vigor. Prevê-se que a obra arranque no início do Verão, sendo que o prazo de execução é de 150 dias.

 

Refira-se que, o presente concurso tem também por objectivo maximizar a transposição para a escala local dos objectivos Comunitários da chamada "Política dos Três Vintes": chegar ao ano de 2020 ultrapassando a meta de mais 20% de eficiência energética, mais 20% de energias renováveis, e uma redução de 20% nas emissões de gases com efeito de estufa.

 

 Os projectos de iluminação pública constantes na presente empreitada foram executados de acordo com o contacto prévio com a EDP, nomeadamente na obtenção dos respectivos estudos de redes. Foram posteriormente definidos os materiais e equipamentos que fazem parte do acordo de manutenção entre a CMO e EDP, e que cumprem, quer o PNAEE, Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética, quer as Normas e Regulamentos aplicáveis, e em vigor.

 

No âmbito da Iluminação Pública Eficiente contempla-se a implementação de sistemas de regulação de fluxo luminoso (mediante a instalação de balastros electrónicos com regulação de fluxo) e a substituição de globos e de luminárias ineficientes ou com mais de 10 anos por equipamentos Cut-Off, (de modo a minimizar a contaminação luminosa) e com melhor capacidade de reflexão.

 

Nos Sistemas de Controlo de Tráfego está contemplada a substituição das fontes luminosas nos sistemas de controlo de tráfego e peões por tecnologia LED, contribuindo assim para a redução das emissões de CO2.

 

A execução dos presentes investimentos justifica-se de modo a satisfazer os requisitos legais exigíveis para instalações deste tipo, e ainda para promover a utilização racional de energia e melhorar a eficiência energético-ambiental em equipamentos de Iluminação Pública e das Instalações Semafóricas existentes.