Primeira filha do ator Miguel Costa terá células estaminais criopreservadas na BEBÉ VIDA


Miguel Costa e Joana Rosa escolhem BEBÉ VIDA

Primeira filha do casal terá células estaminais criopreservadas na BEBÉ VIDA

 

Miguel Costa e Joana Rosa 1

Miguel Costa e Joana Rosa 2

Miguel Costa e Joana Rosa estão prestes a ser pais pela primeira vez, de uma menina, e optaram por criopreservar as células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical, no laboratório BEBÉ VIDA, no Porto.

O ator Miguel Costa participa na série "Maternidade" da RTP, e integra o elenco do remake português da novela "Dancin' Days" que estreou ontem na SIC.

O casal recebeu o kit de recolha BEBÉ VIDA, no Centro de Pré e Pós Parto, em Entrecampos (Lisboa), um dos mais prestigiados centros de preparação para o parto, onde o casal tem tido aulas com uma equipa multidisciplinar que lhes facultará ferramentas para cuidar melhor do bebé e para estarem mais confiantes no momento do parto.

"Estamos muito entusiasmados com a recta final da gravidez, e bastante ansiosos por conhecer a nossa filha. Como todos os pais, queremos o melhor para a nossa bebé e por isso optámos por criopreservar as células estaminais do cordão umbilical, principalmente por percebermos que poderá ser uma segurança não só para ela, como também para outros filhos que venhamos a ter no futuro. Nesta escolha, optámos pelo laboratório BEBÉ VIDA, tanto pela clareza com que nos foi explicado todo o processo de criopreservação das células estaminais, bem como pela protecção familiar que nos garantem", refere o ator Miguel Costa.

O casal optou pelo serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical a 20 anos, que inclui o Plano Protecção de Saúde, válido por 20 anos. Em caso de necessidade de utilização da amostra de sangue do cordão umbilical, a BEBÉ VIDA, comparticipará com até 20 mil euros, os custos da terapia celular, de acordo com as doenças abrangidas pelo Plano. O Plano Protecção de Saúde é válido para o bebé e familiares directos (pai, mãe e irmãos) e disponibilizado imediatamente, sem burocracias.

A BEBÉ VIDA, banco de tecidos e células, 100% português, licenciado pelo Ministério da Saúde e eleito PME Líder 2010/2011, disponibiliza o serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical de recém-nascidos. Para mais informações, consulte www.bebevida.pt ou www.facebook.com/paginabebevida