‘Toca a Prevenir’… o cancro do intestino Junte-se a esta causa!

Sensibilizar para o rastreio combatendo o cancro que faz mais vítimas em Portugal

Ajudar a Europacolon Portugal a apoiar doentes e familiares


 ‘Toca a Prevenir’ é o nome da iniciativa, promovida pela Europacolon Portugal – Associação de Luta Contra o Cancro do Intestino – com o apoio da marca Dulcolax, que visa sensibilizar para a importância do diagnóstico precoce, do rastreio e das atitudes preventivas na diminuição da incidência do cancro do intestino – a principal causa de morte por cancro em Portugal (10 pessoas/dia).





No site www.tocaaprevenir.pt, a Europacolon e Dulcolax convidam todos os  portugueses a comprometerem-se a realizar o rastreio do cancro do intestino, a partir dos 50 anos. Por cada compromisso realizado, Dulcolax oferece um donativo que irá ajudar aquela associação a continuar a sua missão de apoio a doentes com cancro do intestino. 

O distrito de Portugal que reunir maior número de “compromissos” poderá assistir de forma totalmente gratuita ao concerto exclusivo ‘Toca a Prevenir’ de Luís Represas.

‘Toca a Prevenir’ é uma iniciativa de responsabilidade social que visa mobilizar os portugueses para a realização do rastreio do cancro colo-rectal que deverá ser efectuado por homens e mulheres a partir dos 50 anos, de cinco em cinco anos – e promover o conhecimento da doença e dos seus sintomas uma vez que 50% da população portuguesa revela desconhecê-los. (1)

Segundo Vítor Neves, presidente executivo da Europacolon Portugal, “o rastreio do cancro do intestino é um dos mais eficazes, uma vez que pode permitir detectar a lesão em fase pré-cancerígena/neoplásica, num estadio precoce, (ainda localizado exclusivamente no intestino), sendo nestes casos a taxa de sucesso dos tratamentos muito alta. Caso contrário, se detectado em fase avançada, a taxa de sobrevida destes pacientes é muito baixa”. 


A plataforma de informação e sensibilização

Em www.tocaaprevenir.pt é possível obter-se toda a informação útil sobre o cancro do intestino – sinais, sintomas, como realizar o rastreio, entre outras – e ainda assumir o compromisso de realizar o rastreio, através de um botão disponível para o efeito.

Com um clique, todos os visitantes do site poderão também ajudar a Europacolon Portugal na sua missão de sensibilizar para a prevenção do cancro colo-rectal; difundir o conhecimento acerca da doença e sintomas; e apoiar os doentes e respectivos familiares/prestadores de cuidados através de uma equipa multidisciplinar que apoia no domicílio estes pacientes. Por cada “compromisso” obtido, Dulcolax oferece um donativo àquela associação. 

Como refere Débora Andrade, product manager da marca, “pela notoriedade e confiança que goza junto dos portugueses – que o elegem há oito anos consecutivos como marca de confiança na categoria dos laxantes - Dulcolax encontrou nesta campanha a melhor forma de, no âmbito de uma política de responsabilidade social, poder retribuir esse voto de confiança dos portugueses contribuindo para a prevenção deste problema de saúde pública.”

Concerto Toca a Prevenir, com Luís Represas

A região de Portugal que reunir o maior número de “compromissos” usufruirá de forma totalmente gratuita do concerto exclusivo ‘Toca a Prevenir’, de Luís Represas. 

“Quero dar o exemplo – eu próprio já fiz o rastreio – e ajudar a apelar ao maior número possível de pessoas para que também o façam. Desta forma, poderemos contribuir para alterar esta realidade e diminuir os números assustadores das vítimas do cancro do intestino”, refere o músico que dará o rosto pela iniciativa. Para Luís Represas há ainda a destacar o duplo objectivo da campanha: ajudar a Europacolon Portugal na sua missão, muito em particular no importante papel que desempenha no apoio a doentes e familiares, nomeadamente através do apoio domiciliário, da prestação de consultas de psicologia e nutrição, da linha de apoio 808 200 199 e do Programa de Prevenção Escolar Alimentar.


Os números do cancro do intestino

O cancro do intestino afecta em média 6.952 portugueses por ano (2), fazendo 3691 vítimas mortais. Em toda a Europa, o número de mortes/ano na sequência do cancro do intestino atinge as 212.219. Contrariamente à percepção da maior parte da população, esta patologia não é um exclusivo masculino, afectando homens e mulheres em proporções muito idênticas: é o segundo tipo de cancro mais frequente nos homens e também é o segundo mais frequente nas mulheres.


Os dados mais recentes da Organização Mundial da Saúde (3), embora registem um aumento da incidência do cancro em geral na Europa em 2011, apontam para uma diminuição da mortalidade (dados comparativos com as taxas registadas 2007). Segundo os especialistas, esta tendência geral da diminuição das taxas de morte por cancro é principalmente impulsionado pela queda na mortalidade por cancro de mama entre as mulheres, e de pulmão e do intestino nos homens. “Não tenho dúvidas que estas boas notícias se devem em parte ao trabalho de sensibilização que tem vindo a ser feito ao nível destes tipos de cancro no sentido de fazer uma detecção precoce. Por isso são tão importantes estas campanhas; por isso devemos continuar a apostar nelas”, refere o presidente executivo da Europacolon Portugal, Vítor Neves.

Junte-se também a esta causa e… “Toca a Prevenir”

1 Fonte: Globalcan 2008
2 Spirituc/Europacolon/2008
3 Dados divulgados em Maio de 2012

Sobre a Europacolon Portugal
A Europacolon Portugal - Associação de Luta Contra o Cancro do Intestino - fundada em 2006 faz parte da organização pan-europeia EUROPACOLON e tem por objectivo diminuir o número de incidência e óbitos por cancro colo-rectal, melhorar a qualidade de vida e dar apoio a quem sofre desta doença. Neste sentido, tem vindo a desenvolver as mais variadas acções/iniciativas com a missão de unir doentes, profissionais da saúde, políticos, meios de comunicação social e o público em geral na luta contra esta doença.

Sobre Dulcolax
Dulcolax é o laxante mais vendido em todo o mundo e está presente no mercado português há mais de 50 anos. Em Portugal, é eleita, há 8 anos consecutivos, Marca de Confiança pelos leitores da revista Selecções do Reader’s Digest. Por usufruir de tão reconhecida notoriedade, a Boehringer Ingelheim reconhece a responsabilidade acrescida desta marca em fazer algo pela comunidade em que se insere. É neste contexto que a marca apoia a iniciativa Toca a Prevenir, ajudando a Europacolon Portugal na sua missão. 

Dulcolax® (Bisacodil) é um medicamento não sujeito a receita médica. Leia atentamente o folheto informativo. Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. Para utilização em casos de obstipação. Informações indispensáveis: Os comprimidos revestidos devem ser tomados inteiros à noite com água para que a evacuação se produza de manhã. Não deve ser tomado com leite ou antiácidos. O efeito dos supositórios torna-se efectivo 30 minutos após a sua administração. Os supositórios devem ser tirados do invólucro e inseridos no recto. Precauções: Não deve ser tomado diariamente durante longos períodos. A utilização prolongada e excessiva poderá provocar desequilíbrio electrolítico, hipocaliemia e poderá favorecer o surgimento da obstipação crónica. As crianças não deverão tomar sem consulta prévia do médico. Administração na gravidez apenas sob vigilância médica. A utilização dos supositórios pode conduzir a sensações dolorosas e irritação local, especialmente nas fissuras anais e proctite ulcerosa. Contra-indicações: doentes com íleo, oclusão intestinal, situações graves de cirurgia abdominal (apendicite aguda, doenças inflamatórias graves nos intestinos), desidratação grave, hipersensibilidade conhecida ao bisacodil ou a qualquer excipiente. Posologia: Adultos e crianças > 10 anos: 1-2 comprimidos revestidos ou 1 sup.; Crianças 6-10: 1 comprimido revestido.