Just do it


..."esta pessoa não está comprometida com o que acaba de dizer e nunca o vai fazer". Em 99% dos casos acerto.
Já estou a imaginar a o que se passa desse lado: "Olha-me esta petulante… Deve ter a mania… De certeza que faz o mesmo."
Se tem alguma dúvida, eu esclareço. Sim, faço.
É certo que desde que me apercebi disto que desenvolvi um trigger de apontar logo a seguir numa listinha de TO DOs o que me comprometi, para não falhar. Mas ainda passam umas quantas (aquelas que não apontei).
É que o amanhã tem destas coisas… A própria palavra e conceito são um adiar constante… Arrasta sempre… É sempre no dia seguinte… Todos os dias…
E quando muitas vezes nos apercebemos… passaram dias, semanas, meses e em alguns momentos anos.
É certo que também há uma expressão muito típica que produz o mesmo efeito que o amanhã… "eu depois trato disso!"
Reconhece?!
Pois…
É devido a este tipo de situação que muitas vezes nos vemos atulhados em coisas por fazer, e-mails para responder, feedbacks para dar, relatórios para entregar, propostas para enviar a clientes, etc., etc. E tudo passou de importante para importante e urgente.
E damos por nós a trabalhar horas sobre horas… Sempre a correr… A dizer que não temos tempo… E a ler tudo o que é livros e dicas sobre gestão do tempo… E eliminação de distracções… E queremos fazer tudo ao mesmo tempo e perdemos o focus de tudo… E… E… E…
O que é que falha em tudo isto?
Na minha opinião, o compromisso de colocar um plano de acção em acção.
O "just do it" da Nike é um excelente mantra para isso.
E isso pode ser simples?
Claro que sim!
Vou-lhe contar o meu método.
Quando há uns tempos me vi atolada em "everestes" de coisas para fazer, desde o meu emprego, ao projecto do SQ, à minha vida pessoal, ao meu projecto de Mestrado, etc., escolhi parar e pegar numa folha de papel e passar para lá todas as coisas que me recordava de estarem por fazer. E, atenção, tanto as coisas muito importantes, como as menores.
Depois da lista completa respirei fundo e tomei a consciência do que estava bem e menos bem, ou seja, as coisas que passava o tempo a adiar, ou porque eram chatas ou porque me davam demasiado trabalho reconstituir (já tinha passado demasiado tempo).
O meu passo seguinte foi transformar essa lista em TO DOs efectivos repartidos por 3 áreas da minha vida: profissional, SQ e pessoal.
A partir daí fiquei com tudo arrumadinho e, consoante o papel que estou a desempenhar no momento, posso puxar da lista e saber o que tenho que fazer.
Mas tornei a coisa mais complexa… Todas as manhãs escolho entre 3 a 5 objectivos diários para cumprir dessas listas de TO DOs. E são essas as minhas prioridades do dia.
E desde que passei a usar esta técnica é raro o dia em que não consigo concretizar os objectivos.
Confesso que na primeira semana usei um truque. Só coloquei coisas simples nas listas. Para criar o hábito de cumprir cada um dos objectivos de forma divertida e apaixonada. E celebrar cada um deles.
Neste momento, este hábito está totalmente interiorizado na minha rotina diária. E os resultados são espantosos.
Já não me "queixo" da falta de tempo.
Ahhhhh!!!! E uma dica adicional, há TO DOs que coloco na agenda que são coisas simples de fazer, como enviar um e-mail a inscrever-me num curso ou ligar a um amigo para jantar ou marcar um fim de semana de relax. Bem, todos os dias tiro 30 minutos a 1 hora do meu tempo, normalmente depois de almoço, para percorrer a lista de TO DOs e despachar essas coisas que muitas vezes demoram 1 a 2 minutos e que nos deixam de ocupar tempo e nos deixam espaço para outras ocupações.
E de que forma alimento as minhas listas?! Bem, comigo anda sempre um bloquinho de apontamentos e uma caneta, para que quando me lembro das coisas as possa anotar. E depois, durante o dia ou ao final do dia, passo para as listas.
Comigo é uma ferramenta e uma técnica que funciona de forma excelente!
Como me sinto?! Mais tranquila e, acima de tudo, com tempo para me dedicar ao que me apaixona fazer e aos meus energizers.
O meu desafio para si:
Aproveite esta semana para passar a ser dono do seu tempo!
E aproveite para colocar a sua lista de TO DOs em dia.
E "just do it".