O que é a Haloterapia?





A haloterapia tem fortes raízes a nível Mundial e chega agora a Lisboa através do centro Halosense.
É uma terapia feita numa réplica de uma gruta de sal e com resultados surpreendentes. Uma nova forma de encontrar soluções para diversas patologias: ASMA, RINITES ALERGICAS, SINUSITE, PSORÍASE, ECZEMAS, ETC.
100% Natural e livre de químicos, cerca de 80% dos casos não só diminuem as crises como se reduz também de forma significativa a medicação.

Rua Luciano Cordeiro, 23 c
1150-212 - Lisboa 
213 160 115 - 914 641 954 - 966 275 762 




A haloterapia procura igualar as condições da espeleoterapia (do speleos = gruta grego), um tratamento que era praticado em minas de sal na Europa Oriental desde o início do século XIX.

Hoje em dia algumas termas e spas da Europa já utilizam este método para prevenir e tratar problemas respiratórios e de pele dos seus clientes.

A haloterapia pertence à categoria das terapias físicas – terapias holísticas, muitas associadas com os tratamentos das termas da Europa Oriental. Na antiga União Soviética, os investigadores juntaram-se para desenvolver terapias físicas a fim de evitar os custos e os efeitos secundários das terapias que usam medicamentos.

A Rússia consagrou-se líder mundial na criação e desenvolvimento de terapias físicas cada vez mais eficazes. A maioria das pesquisas e ensaios clínicos até aqui relatados, principalmente em jornais Russos, focalizaram a haloterapia eficaz no tratamento da asma e da bronquite crónica.

A maioria das terapias com medicamentos em doenças respiratórias têm apenas efeitos paliativos, e muitas têm efeitos secundários significativos. Assim, uma terapia física como a haloterapia é necessária. A sua excelente acção, a um custo modesto, faz dela um tipo muito atractivo de medicina alternativa.

A base da terapia do halo (terapia de sal) é a espeleoterapia, isto é, a cura na atmosfera de cavernas de sal. De acordo com factos antigos, os monges medievais levavam o doente às grutas de sal e deixavam-nos respirar as partículas de sal, criadas quando os monges esmagavam as estalactites.

A haloterapia começa a ser cada vez mais utilizada em termas e spas, ela cria uma atmosfera relaxante, suave e confortável para os clientes, para o seu bem-estar, ao mesmo tempo que cuida das suas necessidades terapêuticas, pois é um dos métodos mais eficazes para prevenir, tratar e reabilitar doenças respiratórias, de pele, alérgicas, e está também indicada para fumadores.

Saiba mais em: http://www.halosense.pt