Oftalmologistas portugueses dão formação a colegas lusófonos






1º Congresso de Oftalmologia de Língua Portuguesa e 4ª Reunião Luso-Africana

A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) reforça em 2012 a aposta na formação científica dos especialistas dos países lusófonos organizando o 1º Congresso de Oftalmologia de Língua Portuguesa, que decorrerá de 6 a 8 de Dezembro no Centro de Congressos de Lisboa e a 4ª Reunião Luso-Africana, que este ano terá lugar em S. Tomé e Príncipe, nos dias 5 e 6 de Outubro.
Este é um evento que se realiza anualmente, desde 2009, em países de língua oficial portuguesa e que visa estimular a cooperação entre clínicos de Portugal e dos países africanos lusófonos. As reuniões anteriores realizaram-se em Cabo Verde (2009), Moçambique (2010) e Angola (2011) e contaram sempre com a presença dos ministros da Saúde dos respetivos países. Na reunião deste ano espera-se a presença de vários representantes do Governo de S. Tomé e Príncipe.
Manuela Carmona, presidente da SPO, frisa que "partilha de experiências entre oftalmologistas de língua portuguesa é, para nós, uma prioridade. As reuniões luso-africanas e as parcerias que desenvolvemos com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) e o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) são exemplo da importância que atribuímos a essa colaboração".
A especialista refere ainda que "o 1º Congresso de Oftalmologia de Língua Portuguesa contará com a presença de uma grande delegação de oftalmologistas brasileiros, assim como os presidentes da SBO e do CBO, pelo que este evento será um marco na história da oftalmologia lusófona e mais um passo no caminho da criação de uma sociedade de oftalmologia de língua portuguesa que inclua os países africanos e o Brasil – um dos grandes objetivos da SPO".