Cáritas desafia investigadores a contribuir para projeto de responsabilidade social


Inocrowd apoia Cáritas Portuguesa em projeto de apoio ao envelhecimento ativo

A Cáritas Portuguesa está à procura de uma solução para o desenvolvimento de uma rede social para seniores ativos e lançou o desafio à comunidade de investigação que integra o portal Inocrowd, um sítio de inovação aberta em que os investigadores são desafiados a encontrar soluções inovadoras adequadas às necessidades das empresas.

O desafio foi lançado em Outubro e procura a melhor solução de design e desenvolvimento de uma rede social de apoio ao envelhecimento ativo.

O objetivo é desenvolver uma rede social totalmente direcionada para a população sénior de forma a facilitar a partilha de informação e a comunicação entre ela e reforça a necessidade do envolvimento e colaboração de toda a comunidade, mas sobretudo de uma participação ativa e emergente na criação de respostas e alternativas através das quais seja possível combater a exclusão dos idosos.

“O envelhecimento ativo pode significar para as pessoas mais velhas a oportunidade de continuarem a trabalhar e partilharem as suas experiências e de continuarem a desempenhar um papel ativo na sociedade”, refere o professor Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa.

Para a melhor solução que crie uma plataforma tecnológica que permita a geração, gestão e disseminação de uma rede social inovadora dedicada à partilha de informação entre a população sénior ativa, será atribuído o prémio de 5 000€.

“Com o aumento da esperança média de vida e a melhoria das condições de vida, é necessário criar melhores oportunidades para a população sénior cujo conhecimento e experiência representam uma grande mais-valia para a sociedade. Por essa razão, o Inocrowd não podia deixar de se associar a um projeto de tal dimensão”, refere Soraya Gadit, responsável do Inocrowd.

O desafio lançado na plataforma de inovação aberta surge na altura em que se comemora o Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações e sublinha a importância do apoio à população sénior ativa na igualdade de oportunidades e no combate à sua exclusão.

O portal Inocrowd.com, sítio de inovação aberta, funciona como uma rede social baseada no modelo Crowdsourcing onde as empresas e organizações podem encontrar soluções inovadoras para os seus produtos.

Contando com mais de 70 potenciais empresas nacionais como clientes e dezenas de universidades estrangeiras e praticamente todas as instituições de ensino superior nacionais como associados no seu portal, a Inocrowd é fruto de um grupo de três ex-alunos do VIII MBA da AESE/IESE – Escola de Direção e Negócios.

Presente unicamente em Portugal, esta empresa prepara-se para entrar brevemente nos EUA, Brasil, Índia, Finlândia e outros países da Europa do Norte sob o conceito de revolucionar o mercado da inovação através da realização de parcerias entre empresas que necessitam de inovar e investigadores de todo o mundo.

A nova ferramenta permite às empresas “procurar na multidão” de investigadores científicos e tecnológicos, de especialistas em marketing, research e design ou ainda de técnicos em métodos de organização de gestão, a inovação necessária para seus produtos, para os seus processos internos e para o seu marketing.

Energias Renováveis, Inteligência Artificial, Bioinformática, Segurança Informática, Tecnologias de Informação, Estratégias de Tecnologias de Informação, Arquitetura de Sistemas, Matemática, Física, Nanotecnologia, Turismo, Otimização de Rotas, Telecomunicações, Saúde, Modernização da Função Pública e Logística são as áreas de atuação do portal que potencia o acesso à inovação, com uma redução de custos e do tempo para se encontrar uma solução inovadora para um problema específico.