Pulmonale lança Campanha “Fumar fica-te a matar”

https://www.facebook.com/Pulmonale

A Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão, com o apoio da Global Lung Cancer Coalition (GLCC), do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e da Lilly Portugal assinala, este ano, o Mês do Cancro do Pulmão (Lung Cancer Awareness Month). Novembro é o mês escolhido por muitos países para, através das suas Associações de Luta Contra o Cancro do Pulmão, reforçarem o seu papel junto da sociedade e promoverem uma maior sensibilização. Em Portugal a Pulmonale assinala a data com o lançamento de uma campanha contra o tabaco. "Fumar fica-te a matar" é o mote deste projeto que visa sensibilizar os jovens.


A Pulmonale acredita que a prevenção continua a ser a melhor forma de combater o Cancro do Pulmão e é nesse sentido que aposta na mudança de mentalidades através de um trabalho de sensibilização a desenvolver junto das novas gerações.




"Fumar fica-te a matar" é a campanha que leva a Pulmonale a marcar, este ano, o Mês do Cancro do Pulmão que é assinalado um pouco por todo o mundo.

Segundo António Araújo, Presidente da Pulmonale «é fundamental diminuir o consumo de tabaco de modo que, a médio prazo, seja possível diminuir a incidência do cancro do pulmão e consequentemente a mortalidade a ele associada. Existe uma diferença, em termos de tempo, entre o consumo de tabaco e o aparecimento de cancro do pulmão. Essa diferença de tempo situa-se entre 10 a 15 anos. Com esta aposta nas camadas mais jovens a Pulmonale pretende contribuir hoje para a redução do consumo de tabaco para que, dentro de uma década, a diferença se faça notar na diminuição da incidência de cancro do pulmão».

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), são cerca de 5.4 milhões as pessoas que morrem anualmente devido ao tabaco. Contas feitas são cerca de 10.000 mortes por dia: uma média aproximadamente de 416 por hora. Os números em Portugal apontam para 3800 a 4000 novos casos de cancro do pulmão por ano, sendo que 80 % dos casos são resultado direto dos hábitos tabágicos que surgem cada vez mais cedo.

«É fundamental agir globalmente junto das gerações mais novas, incitando-as a encarar o tabaco como um perigo, uma droga causadora de doenças, para que amanhã se obtenham resultados visíveis na redução, entre outras doenças, do Cancro do Pulmão» acrescenta António Araújo.


Sobre a Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão
Trata-se de uma associação para os doentes e pelos doentes com cancro do pulmão, que procura combater o estigma que existe em torno desta patologia e ajudar os que dela sofrem. Sem fins lucrativos, a PULMONALE nasceu em 2010 para prestar aconselhamento e apoio a pessoas que sofram de cancro pulmão e seus familiares, promover a melhoria e alargamento dos cuidados médicos, a difusão de informação sobre esta doença para o público, facilitar a cessação tabágica e promover a investigação sobre as causas e tratamento desta doença. * www.pulmonale.pt

Sobre a GLCC (Global Lung Cancer Coalition)
A GLCC é uma aliança mundial que integra cerca de 30 associações, de carácter não-governamental, de 20 países de todo o mundo, com o objectivo comum de combater o estigma existente em torno do cancro do pulmão, defender o direito dos pacientes aos melhores tratamentos e cuidados de suporte, promover uma detecção precoce e promover estilos de vida saudáveis que constituam um factor de prevenção do cancro do pulmão.
Fundada em 2001, o GLCC é composto por organizações não-governamentais da Argentina, Austrália, Bulgária, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Japão, Holanda, Noruega, Eslovénia, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido, EUA, Egipto e Portugal. www.lungcancercoalition.org

Sobre o IPDJ (Instituto Português do Desporto e Juventude)
O Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPDJ) é um organismo da Administração Pública com autonomia administrativa tutelado pelo Secretário de Estado do Desporto e da Juventude (SEDJ). Tem por missão a execução de uma política integrada e descentralizada para as áreas do desporto e juventude, em estreita colaboração com entes públicos e privados, designadamente com organismos desportivos, associações juvenis, estudantis e autarquias locais.

Sobre a Lilly
A Eli Lilly and Company, uma empresa líder que aposta na inovação, está a desenvolver um conjunto cada vez maior de produtos farmacêuticos de primeira linha, aplicando a investigação mais recente, desenvolvida nos seus laboratórios em todo e mundo e em colaboração com as mais eminentes organizações científicas. Com sede em Indianápolis, no Estado de Indiana, a Lilly dá respostas, na forma de medicamentos e a algumas das mais prementes necessidades de saúde. Para mais informações pode consultar o www.lilly.pt