Conhece os 5 passos para poupar na alimentação


Existem 5 conceitos chave, que deve ter em consideração para o planeamento de uma alimentação saudável e ao mesmo tempo económica. Este pequeno trecho, retirado do livro “ALIMENTAÇÃO INTELIGENTE - COMA MELHOR, POUPE MAIS”, aborda os benefícios do pequeno-almoço.

1 – Evite comprar “lixo alimentar”.
2 – Um pequeno-almoço barato e bom.
3 – Alimentação económica e com qualidade na escola.
4 – Sopa a solução mais versátil em tempos de crise.
5 – Dieta Mediterrânica como uma solução de poupança.



• Comece sempre o seu o dia com o pequeno-almoço! – O pequeno-almoço deve ser realizado na 1ª meia hora do dia. 

• Não se esqueça, esta refeição deve ser realizada em família e preferencialmente em casa! – Proporciona mais um momento de convívio familiar e também traz vantagens económicas. 

• Um bom pequeno-almoço deverá corresponder a cerca de 20% da energia total do nosso dia. 

• O pequeno-almoço deve ser completo, variado e  equilibrado. 

• Deve ser rico em hidratos de carbono de absorção lenta, em proteínas e com baixo teor de gorduras. 

Deverá incluir alimentos do grupo dos cereais e derivados, do grupo dos laticínios e do grupo da fruta. 

As fontes de cereais como o pão, as bolachas, as tostas ou os cereais de pequeno-almoço devem ser, de preferência, de cor escura, por serem mais ricos em fibras, vitaminas e minerais. 

Os laticínios são ricos em proteínas de alto valor biológico, pelo que devem fazer parte desta refeição, assim como, a fruta que confere vitaminas, minerais e fibras importantes ao nosso organismo. 


As crianças que não tomam o pequeno- -almoço apresentam menores níveis de atenção, têm mais dificuldade em concentrar-se, podendo mesmo resultar num menor sucesso escolar.

O lançamento do manual “Alimentação Inteligente - Coma Melhor, Poupe Mais” é uma iniciativa enquadrada no Food Program, um projeto lançado pelo Grupo Edenred na Europa e que conta com o apoio da União Europeia (www.food-programme.eu/).

O Food Program tem uma área estratégica de intervenção que se centra na informação e sensibilização para a alimentação equilibrada junto das pessoas que fazem habitualmente refeições fora de casa.



As autoras do manual, Maria João Gregório e Maria Cristina Santos, são ambas docentes da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto. A obra conta com a colaboração do Prof. Doutor Pedro Graça, diretor do Programa Nacional para Promoção da Alimentação Saudável e da Dra. Sara Ferreira, da Edenred Portugal. As receitas são da autoria do Chef Hernâni Ermida.

--> -->