Diabetes: Perda de peso

A dieta proteinada é uma alternativa segura e eficaz para a perda de peso em pessoas obesas com diabetes de tipo 2, adiantam dados publicados na revista oficial do Colégio de Medicina Interna do México. O artigo “Dieta proteinada para pacientes com diabetes tipo 2” demonstra a maior eficácia deste método multidisciplinar na perda de peso em pessoas obesas com diabetes de tipo 2. Os dados baseiam-se nos resultados preliminares a 2 meses do Estudo DiaproKal®, um ensaio clínico realizado em 7 hospitais de primeira linha espanhóis cujo objetivo é avaliar a eficácia e segurança da dieta proteinada (Metódo DiaproKal® - www.diaprokal.pt).   

Método multidisciplinar prova ser mais eficaz que dieta hipocalórica na perda de peso em pessoas com diabetes

·         Dados do estudo DiaproKal publicados pela primeira vez em revista científica internacional.


·         Revista de Medicina Interna do México publica artigo “Dieta Proteinada para pacientes com diabetes tipo2”, os resultados de um estudo espanhol que avalia a eficácia e segurança da dieta proteinada (Metodo DiaproKal®) em pessoas obesas com diabetes tipo 2.
 
·         Resultados do estudo DiaproKal® estão em linha com a última revisão da American Diabetes Association (ADA) no tratamento dos diabéticos, que afirma que as dietas baixas em hidratos de carbono, como a dieta proteinada do método DiaproKal®, melhoram o controlo da glicémia.

·         Durante o ano de 2012, mais de 500 pessoas obesas com diabetes foram tratadas com êxito com o método DiaproKal®.


 
Depois da revisão da principal bibliografia sobre o tema, assim como dos primeiros resultados deste estudo, o artigo conclui que a dieta proteinada é uma alternativa segura e eficaz para a perda de peso nestes pacientes obesos e com diabetes de tipo 2, oferecendo outros benefícios adicionais à perda de peso, como a melhoria no controlo da glicemia. Os resultados do Estudo DiaproKal® estão, de resto, alinhados com a última revisão da American Diabetes Association (ADA) da linha de tratamento de pacientes diabéticos, segundo a qual as dietas com a redução total de hidratos de carbono, como a dieta proteinada aplicada a este método, melhoram o controlo da glicémia e a sensibilidade à insulina.
 
"Estes resultados são muito importantes porque nos permitem afirmar que a dieta proteínada aplicada pelo Método DiaproKal®, em combinação com abordagem multidisciplinar do paciente, fornece melhores resultados a curto e longo prazo do que outros tratamentos convencionais, tais como acompanhamento de uma dieta hipocalórica", diz o professor Basílio Moreno, chefe de Endocrinologia e Nutrição do Hospital Gregorio Marañón e um dos autores desta publicação.
 
 
Para Além de Uma Dieta
A dieta de proteína utilizada no Método DiaproKal ® faz parte de um programa completo de perda de peso com o controle médico: o Método DiaproKal ® (www.diaprokal.pt). O método inclui além da perda de peso, outros aspetos relacionados com a obesidade e diabetes, como parte da premissa para a implementação de um programa específico desenvolvido para o paciente diabético trazendo mais benefícios com a aplicação de uma abordagem multidisciplinar. Atualmente existem mais de 500 médicos formados no programa e mais de 500 pacientes tratados com sucesso pelo Método DiaproKal® em Portugal e Espanha.

O objetivo deste tratamento inclua, além do tratamento médico inclui a participação de profissionais formados especificamente sobre a diabetes de tipo 2, que reforçam outros aspetos fundamentais no tratamento desses casos. A atividade física, a aprendizagem de hábitos alimentares adequados e a formação são os componentes que permitem manter os benefícios da perda de peso e mudança de estilo de vida ao longo do tempo.

Os resultados recolhidos em dois meses mostram a eficácia e segurança deste método de curto prazo, dados que foram amplamente corroborados pelos dados finais do estudo, apresentados em Julho do ano passado. De acordo com o estudo, aos dois meses de tratamento, a dieta proteinada (Método DiaproKal®) mostra melhores resultados que a dieta hipocalórica convencional em termos de perda de peso (-11,32 kg vs -2,95 kg), redução do perímetro da cintura (-10,33 cm vs -4,77 cm) e um maior controlo glicémico (64,71% dos pacientes que seguiram a dieta proteinada atinge uma normalização do valor da glucose no sangue, mas níveis inferiores a 110 mg / dl, em comparação com apenas 23,08% do grupo hipocalórica), com um perfil de segurança semelhante ao da dieta hipocalórica convencional.
 
Os resultados finais do Estudo DiaproKal ® com 4 meses estão em processo de publicação noutras revistas científicas.