Pulmonale ajuda empresas a livrarem-se do tabaco



A Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão lança agora o uma nova iniciativa, com o objetivo de promover políticas antitabágicas no seio das empresas. O primeiro passo já foi dado com a assinatura de um protocolo de cooperação entre a Pulmonale e a AdRA - Águas da Região de Aveiro .


Com este novo projeto, a Pulmonale pretende promover as suas ações em empresas, com o intuito de criar locais de trabalho livres de tabaco e assim prevenir doenças pulmonares, como o Cancro do Pulmão. Nesse sentido, a Pulmonale vai disponibilizar técnicos especializados na prevenção tabágica para promoverem projetos de sensibilização e serviços de consulta psicológica de cessação tabágica.

No âmbito deste acordo de cooperação, a Pulmonale espera das empresas a disponibilização de espaços para o desenvolvimento das ações, a promoção das iniciativas conjuntas junto dos trabalhadores, assim como a divulgação de ações de voluntariado no âmbito de projetos de intervenção acordados entre ambas as partes.

António Araújo, presidente da Pulmonale, salienta que "este tipo de protocolos de cooperação com empresas é muito importante para divulgar os benefícios de trabalhar numa empresa livre de tabaco. Uma vez que as pessoas passam a maior parte do dia no seu local de trabalho, é fundamental incentivar as empresas a criarem políticas de antitabagismo, capazes de promoverem estilos de vida mais saudáveis". 

A primeira empresa a aderir a este novo projeto foi a AdRA – Águas da Região de Aveiro. Fernandes Thomaz, presidente do Conselho de Administração da empresa aveirense, e António Araújo, da Pulmonale assinaram o protocolo de cooperação no passado dia 5 de setembro.

Sobre a Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão
Trata-se de uma associação para os doentes e pelos doentes com cancro do pulmão, que procura combater o estigma que existe em torno desta patologia e ajudar os que dela sofrem.
Sem fins lucrativos, a PULMONALE nasce a 16 de Setembro para prestar aconselhamento e apoio a pessoas que sofram de cancro pulmão e seus familiares, promover a melhoria e alargamento dos cuidados médicos, a difusão de informação sobre esta doença para o público, facilitar a cessação tabágica e promover a investigação sobre as causas e tratamento desta doença.