Palestras de sensibilização para a dor



Associação assinala 23 anos de luta contra a Dor

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) assinala, no próximo dia 6 de junho, o seu 23º aniversário, com um conjunto de palestras sob o tema "dor orofacial", numa abordagem multidisciplinar. A iniciativa irá decorrer no Hospital de Braga.

"Nos últimos 20 anos, o panorama nacional no estudo e no tratamento da dor apresentou uma enorme evolução, mas teremos ainda um caminho longo e árduo a percorrer. Reafirmamos o nosso compromisso para com todos os portugueses que o alívio da dor é um direito dos doentes e um dever dos profissionais, que constitui um imperativo ético, promover o seu tratamento precoce e adequado", refere o médico Duarte Correia, presidente da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor.

E acrescenta: "é contudo necessário melhorar a acessibilidade dos doentes, promover uma rede de referenciação para a medicina da dor, aumentar o número de Unidades de Tratamento da Dor, e dos recursos humanos afetos a estes serviços, apostar na formação dos profissionais de saúde nesta área".

O médico alerta ainda que "em Portugal, à semelhança de outras patologias, na dor crónica apenas uma reduzida percentagem da população está corretamente diagnosticada com dor orofacial, quer por desconhecimento que existe tratamento, quer pela desvalorização deste problema".

A dor orofacial é uma situação de dor associada aos tecidos da cabeça, face, pescoço e estruturas da cavidade oral. Incluem-se, entre outras, a dor de cabeça, garganta, por doenças graves como tumor, a dor com origem no sistema nervoso, e a disfunção da articulação temporomandibular.

Até outubro deste ano celebra-se o ano mundial contra a dor orofacial, instituído pela Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP).

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) tem por objetivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e terapêutica da dor. Para mais informações: www.aped-dor.com ou tavaresa@med.up.pt

XXIII Aniversário da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) 
Braga, sexta feira, 6 de junho de 2014 

Programa 
9.30 – Cerimónia de Abertura 
10.0 – Mesa redonda – Dor orofacial 
Moderador – Mário Gouveia - Diretor do Serviço de Estomatologia do 
Hospital de Braga 
o “A importância da evidência científica no tratamento da dor orofacial” 
– Daniel Pozza, FMUP 
o “O exame clinico para o diagnóstico de disturbios tempero 
mandibulares” – Adriano Sousa, FMDUP 
o “Nevralgia do trigémio - Abordagem de Radiocirurgia ” – Paulo Costa, 
Hospital de Braga e Instituto CUF Porto. 
11.30 – Intervalo 
12.00 – Conferencia: Orofacial Pain - Dominik Ettlin - Unidade Interdisciplinar de 
Dor Orofacial da Universidade de Zurique 
Apresentação do orador: Filipe Antunes, Hospital de Braga 
12.40 – Cerimónia de Encerramento 
13.00 – Almoço de trabalho