CNS DISPONIBILIZA NOVA CONSULTA DE RASTREIO DE LESÕES DA PELE PARA DOENTES DE PARKINSON

CNS implementa, de forma pioneira, uma consulta de rastreio dermatológico para doentes de Parkinson ou portadores de outras doenças neurodegenerativas.
O Campus Neurológico Sénior (CNS), centro português dedicado a doenças neurológicas, acaba de anunciar a disponibilização da consulta de rastreio de lesões da pele para doentes de Parkinson, no Campus.
Esta consulta de dermatologia, implementada de forma pioneira e exclusiva no CNS, destina-se não só aos doentes portadores de Parkinson, como de outras doenças neurodegenerativas e pretende sobretudo fazer o rastreio de tumores ou outras lesões na pele, que estes doentes podem desenvolver.
A introdução desta consulta no conjunto de consultas especializadas e disponibilizadas pelo CNS, surge no seguimento dos mais recentes estudos internacionais terem concluído que existe um risco maior de melanoma (e eventualmente outros tumores da pele) nestes doentes.
Como explica o Prof. Doutor Joaquim Ferreira, Diretor Clínico do CNS, "Existem diversos estudos que apontam para uma relação entre o risco de tumores da pele nos doentes com doenças neurodegenerativas, e em especial com Parkinson. Neste sentido, o rastreio dermatológico tem assumido uma importância crescente, em especial nestes doentes, por forma a prevenir e identificar potenciais situações de risco ".
Desta forma, o CNS complementa e alarga o conjunto de consultas especializadas que disponibiliza para o tratamento de doenças do foro neurológico e em especial para os portadores de Doença de Parkinson.