Envelhecer com Prazer




Se é tão importante cuidarmos da nossa alimentação enquanto somos jovens, quando chegamos à "idade de ouro" torna-se indispensável que as refeições contenham todos os nutrientes adequados às necessidades próprias da idade.

De Maria Antónia Peças, coautora do bestseller 1, 2, 3 Uma Colher de Cada Vez, e Luís Barros, Sozinhos na Cozinha: Receitas para Jovens (e Principiantes) (Ed. Vogais, 2015), Envelhecer com Prazer apresenta mais de 80 receitas, sem recorrer a métodos ou ingredientes esquisitos, com pratos simples e bem conhecidos de todos, que proporcionarão uma alimentação saudável e muito saborosa. O livro conta ainda com o aconselhamento da nutricionista Rita Cruz Sousa.



Das sopas mais tradicionais aos batidos mais refrescantes, dos pratos típicos portugueses às saladas de verão, passando por deliciosas sobremesas que o deixarão de água na boca, descubra os segredos de uma alimentação saudável e saborosa.

Quando se chega à «idade de ouro», os cuidados com a alimentação tornam-se mais importantes para manter uma vida saudável. Mas isso não significa que deixe de apreciar uma boa refeição. E para o garantir e tornar as receitas apresentadas neste livro tão saborosas quanto saudáveis, os autores de Sozinhos na Cozinha juntaram-se à nutricionista Rita Cruz Sousa.

Envelhecer com Prazer é o guia fundamental para um público sénior que pretende poupar tempo e dinheiro. Este livro apresenta-lhe os alimentos que se conservam mais tempo, os que são «novos» no mercado e o que deve ter sempre na sua cozinha, além de conselhos para uma nutrição adequada à sua idade.










AUTORES

Maria Antónia Peças nasceu em Fronteira, no Alentejo, é casada com o Luís (coautor deste livro) e tem dois filhos. Acompanha-a desde sempre uma enorme paixão pela cozinha e são as suas raízes que a inspiram na busca de sabores, perfumes e texturas para as receitas que desenvolve para diversas publicações da área gastronómica.

Food developer e coordenadora de projetos sociais, Maria Antónia Peças é responsável pelo desenvolvimento de conteúdos de saúde e alimentação para revistas, livros e workshops. É autora de, entre outros, Sem Pedra de Sal (ed. 101 Noites, 2006) e 1, 2 ,3 Uma Colher de Cada Vez (ed. Marcador, 2011), ambos em parceria com João Breda; e Crescer para Cima (ed. Marcador, 2012), em parceria com Carla Rêgo. Publicou na Booksmile os livros Eu Quero é Papas, Já Sei Usar a Colher, Já Como Com os Papás, todos em 2012, e na Vogais, Sozinhos na Cozinha, em 2015.



Luís Barros nasceu em Lisboa, é casado com a Maria Antónia (coautora deste livro) e é fotógrafo de profissão. Apaixonado por música, cinema e videojogos, foi coautor do programa O Templo dos Jogos, transmitido durante vários anos na SIC. Durante mais de dez anos, foi editor do GameOver, canal do SAPO dedicado a jogos de vídeo.
Atualmente, trabalha na empresa Paz D'Alma, como responsável da área de novas tecnologias e como fotógrafo. Em 2015, publicou o livro Sozinhos na Cozinha (em parceria com Maria Antónia Peças), também na Vogais.



Rita Cruz Sousa licenciada em Ciências da Nutrição pela Universidade Atlântica, frequenta atualmente o mestrado em Nutrição Clínica da Faculdade de Medicina de Lisboa.
Desde 2013 que desempenha funções ligadas à Investigação em Nutrição e Nutrição Comunitária no Centro de Estudos e Investigação em Dinâmicas Sociais e Saúde (CEIDSS). Colabora em diversos projetos nacionais e internacionais de intervenção social, que se centram, sobretudo, na promoção de hábitos de vida saudáveis e no aumento da literacia em nutrição. 



20|20 Editora • Booksmile • Nascente • Topseller • Vogais • Elsinore • Fábula • Cavalo de Ferro


Rua Alfredo da Silva, 14 • 2610-016 Amadora
Tel. 218936000 • 910602020 • GPS 38.742, -9.2304

Pacemaker mais pequeno do mundo implantado pela primeira vez em Coimbra


O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - CHUC implantou recentemente, pela primeira vez, o pacemaker mais pequeno do mundo, uma cápsula cardíaca que mede apenas, 2,5cm – um décimo do tamanho de um pacemaker convencional.

O implante foi realizado pelos médicos Luís Elvas e José Nascimento e marca uma nova etapa no tratamento das arritmias cardíacas, já que ao contrário do pacemaker convencional, este novo dispositivo é implantado diretamente no coração através de um procedimento minimamente invasivo, sem necessidade de colocação de elétrodos, os quais são os principais responsáveis pelas complicações a longo prazo.

A nova cápsula cardíaca é colocada no coração através de um cateter inserido na veia femoral. Uma vez colocado, o mini dispositivo fica preso à parede do coração, podendo ser reposicionado, caso seja necessário. Seguro às paredes do coração através de pequenos ganchos, este mini dispositivo cardíaco fornece impulsos elétricos que estabelecem o ritmo cardíaco através de um pequeno elétrodo colocado na sua extremidade.

Apesar do seu tamanho reduzido, o novo dispositivo tem uma bateria que dura, em média, dez anos. O dispositivo responde aos níveis de atividade do doente, ajustando-se automaticamente a cada pessoa, permitindo ainda que os seus portadores tenham acesso aos meios de diagnóstico mais avançados, uma vez que é compatível com ressonância magnética.

A colocação de um pacemaker é o método mais utilizado para o tratamento da bradicardia, uma perturbação do ritmo cardíaco caraterizada por um batimento lento. Estima-se que exista mais de um milhão de pessoas portadoras de pacemakers em todo o mundo.



Santander Totta recebe Prémio de “Melhor Banco em Portugal” pela revista Global Finance

O Santander Totta recebeu este fim-de-semana, em Washington, o Prémio de "Melhor Banco em Portugal" atribuído pela revista Global Finance.
Na sua edição de outubro, a revista norte-americana apresenta a lista anual dos melhores bancos a nível global, regional e por país, no âmbito dos "World's Best Banks 2017", que distinguem as instituições bancárias que em 2016 melhor responderam às necessidades dos seus clientes e que obtiveram os melhores resultados.
O estudo incidiu sobre 150 países e oito regiões do mundo, tendo sido utilizados critérios objetivos e subjetivos para apurar as melhores instituições do setor financeiro. Entre os critérios objetivos destacam-se a rendibilidade, evolução de ativos, dimensão geográfica, relações estratégicas, desenvolvimento de novos negócios e inovação em produtos; por sua vez, nos critérios subjetivos, tiveram em conta opiniões de banqueiros, executivos de empresas financeiras e analistas financeiros de todo o mundo.

O Santander Totta foi eleito também pela Global Finance como o "Banco Mais Seguro em Portugal". Num estudo que abrangeu 106 países, e que será publicado na edição de novembro da revista, foram analisados os ratings de crédito de longo prazo atribuídos pelas agências Moody's, Standard & Poor's e Fitch, bem como o total de ativos dos 1000 maiores bancos do mundo.


Santander